04 Janeiro, 2012

Pensamento 1.12.


É uma chatice quando as coisas são chatas. Por isso, aqui no GP não apostamos em coisas chatas, mas sim num conceito inovador que constitui o objecto da nossa actividade: o chateamento de pessoas. - "Oh, mas genial Luís, que queres tu, reles pessoa, dizer com isso?" - pergunta o atento leitor. Quero com isto dizer, sucintamente, que investimos fortemente, multilateralmente e com vista no retorno a longo prazo, no chateamento de pessoas. Porque a verdade é que há coisas chatas na vida. E, por isso mesmo, aqui preparam-se os leitores para o futuro, preparam-se os leitores para as coisas chatas da vida. Porque a nossa especialidade e aposta, para além do cultivo da bovinice (vindo do original "bovino"), é chatear as pessoas. Um dia ainda nos darão mérito por isto.

Eu podia estar aqui a perder horas a fio a tentar ensinar o leitor a saltar ao pé cochinho, a comer batatas fritas com uma palhinha cor-de-rosa, a cantarolar com água na garanta, a lavar os dentes com uma esponja de aço, a engatar miúdas utilizando apenas o auxílio de pataniscas, mas não. Aqui investimes (açoriano do original "investimos") o nosso tempo em coisas improdutivas, em coisas que, de facto, não acrescentam valor nenhum para a sua vida, nem tem qualquer tipo de utilidade, nem sequer, tão pouco, têm o mínimo sinal de inteligência, onde a burrice mórbida é sempre, mas SEMPRE, sempre, o tema do dia. E fazemo-lo porque gostamos dos nossos leitores, queremos prepara-lo para a vida dura que há lá fora quando as coisas se tornarem CHATAS, sem sentido, revoltáveis (não sei se revoltáveis existe mesmo) e austeras, os nossos leitores estarem antecipados e podem dizer:
" A isso já eu tou habituado, leio o GP há 3 anos!."


No fundo, no fundo, isto é tudo uma justificação muito pouco plausível que encontramos aqui no GP para que leiam os nossos textos, mas enfim, é o que se arranja.

A segunda parte do meu pensamento prende-se com o tema da inteligência. Por isso, vou falar da inteligência, tema/assunto em que somos muito forte aqui no GP. Bem, sem mais demoras, a inteligência.... a inteligência... como tava a dizer, efectivamente e de facto resume-se... Não vou mentir, não sei falar de uma coisa que desconheço. Vou antes dizer que o Krakatau é uma ilha vulcânica feita de lava na Indonésia.

03 Janeiro, 2012

O regresso e a revolta dos porcos cinzentos

Devo informar que me sinto algo tímido a escrever esta mensagem: já sei à partida que os milhares de pessoas que fazem "refresh" minuto a minuto à procura de novas mensagens neste blog irão saltitar de alegria ao vislumbrar um novo tópico aberto, passado tanto tempo.

Os leitores merecem uma justificação para a minha ausência comparticipada pela igual ausência do gonçalo e da daniela e, posto isto, passo a justificar-me: pah, a questão é que me esqueci da password da conta, pronto.

Tirando isto, hoje é um momento épico e fulcral no grande penalidade. Passaram-se milhões e milhões... e milhões e milhões e melões de ANOS desde o último tópico e venho por isso sugerir, vá, uma, isso mesmo, sugerir uma sugestão. Agora milhões e milhões ... e milhões de anos mais velho, conte-se com a minha experiência extensiva de vida para escrever novos textos ainda mais carismáticos, místicos, gloriosos, afortunados e BOVINOS neste blog! Porque sem a pecuária este blog simplesmente não vive!

Mas voltando ao tópico inicial que é o que interessa- HEY! encontrei uma folha de alface de 2009 aqui guardada, aposto que fui eu que deixei na altura para comer mais tarde... humm... continua apetitosa e crocante (é suposto a alface ser crocante?)- bem, permanecendo no assunto que é o que interessa, como tava a dizer. Eu venho aqui sugerir ao meu caro amigo, o africano dos dentes pretos, Gonçalo, auto-proclamado o pensador e a outros que se queiram juntar a tão nobre demanda, a re-abertura do épico blog. Os fãs deliram por esta altura.

Oh, mas caro leitor, caro leitor, que seria de si sem a GENIALIDADE dos nossos textos?

Espero ansiosamente uma resposta do meu caro amigo de dentes pretos, o Gonçalo, e termino. Mas não termino sem antes acrescentar que houve uma alteração resultante dos tempos na minha pessoa: é que, sabem, isto é uma coisa séria e fico um bocado envergonhado ao expô-lo. O que se sucede mesmo é que eu, Luís Zeca das Fontes Cordonizes Bovino, evoluí na escala da linha carapática peptídica e não me dedico mais aos suminhos de laranja!
Agora, caros amigos, muito mais elite, qual REI da literatura, dedico-me a suminhos de tangerina, uma qualquer iguaria, um qualquer manjar, digno apenas dos mais requintados gostos.

Tendo esclarecido este assunto, despeço-me, com um suminho de lar...tangerina!

23 Dezembro, 2009

Olá

Boa noite meus amigos (sinto que estou a falar sozinho, mas é sempre bom dirigir me a alguém, mesmo que esse alguém não existe. Ou então existe, mas não está presente, é como se não existisse, mas existe, não quero mal entendidos. Portanto existe mas é como se não existisse. Acho que fui claro)

Como têm passado? Como vais tu, joaquina? como vais tu, gilberto? Como está o teu cão? e o teu irmão, têm-se safado com o negócio da quinta? Recebeste o meu suminho que te mandei por correio?

Hoje é um dia especial. Porquê? Não faço ideia. Para mim os dias são especiais quando eu quiser ou achar que o são.
Como hoje é indiscutivelmente um dia especial, vou escrever coisas especiais: Coisas amorosas, cheias de sentimento, carinhosas, palavras que espelham a minha alma opaca, palavras que alegram os muribundos e fazem os infelizes cantar. Não, estava só a brincar!

Amanha é dia de consoada, dizem. Dia em que o gordo pomposo desce pela chaminé e entrega os desejados presentes aos meninos prodígios que se portaram bem ao longo do ano.

Tou farto de escrever, Bom Natal para todos meus amigos,muita felicidade, alegria e confiança para o próximo ano! Para os universitários, como eu, bons dias de estudo.

Olha uma alface debaixo do meu portátil atrás da teia de aranha! hummm bom.
Um abraço suave,

Eu.

24 Julho, 2009

Anti-socialismo Becomes Brain Fuel

Boas manhãs caríssimos! (às vezes pergunto-me se estou a falar para alguém, já que o mais provável é ninguém ler o blog haha)

Ontem foi um dia especial, especial como aquelas francesinhas muito.... boas....... com molho especial e batatas fritas especiais!
O meu PC portátil ficou sem bateria, e a partir daí desenrolou-se todo o meu dia. Não me apeteceu ligá-lo à corrente eléctrica para o carregar, por movimentos dos electrões e essas coisas. Por isso, já que o meu vício estava inactivo, decidi partir para o seio da sociedade.

Sim, basicamente, tornei-me social. Hoje já sou anti-social outra vez porque o meu PC já tem bateria outra vez, portanto não quero saber de ninguém novamente: durmo, levanto-me, PC, como, PC, durmo outra vez. [O atento leitor reparará que falta algo naturalmente básico neste ciclo, o desatento leitor já não. O atento leitor rir-se-á de mim. Eu rir-me-ei do desatento leitor. E mais não digo. Continuando....]

Mas ontem foi diferente. Porquê? Já expliquei! PORQUE o meu PC portátil estava inactivo, o que me tornou social.

Portanto, peguei no meu veículo e fiz-me à estrada. Pelo caminho vi algumas vacas, alguns cães, alguns pássaros. Feliz sorte para aqueles que eu vi, porque os que não vi devem ter sido atropelados por mim. Bom, pormenores. (na realidade isso explicava o bife no pára-brisas, agora que penso nisso. Faz sentido)

O leitor estará encadeado na história, atento ao que direi a seguir, tentando já adivinhar uma teoria maléfica que eu criei, uma genialidade sombria e antagónica escondida atrás deste meu sorriso pacífico, brilhante e branco (quando lavo os dentes apenas). Mas não, não é nada disso.

Para provar o que antes foi dito, vou antes falar de um tio meu que encontrou um lagostim na praia africana de ompa lumpa. Ou não, não vou nada. O que vou mesmo falar é do projecto Apollo, em que Apollo 11 regressou à Terra da visita lunar, neste preciso dia. Isso é importante e belo referir para um blog desta dimensão.

Havia uma teoria realmente importante que gostava ainda de referir, só que esqueci-me dela, por isso despeço-me com um abraço suave e um suminho de laranja.

17 Julho, 2009

Realmente... fenomenal.


Nas minhas espectaculares viagens com o meu grande amigo zé, encontrei este lugar num parque de estacionamento.
Queria meter lá o veículo... não sei porque o meu instinto disse-me "Luís, não ponhas aí o carro".
Continuo sem entender porquê realmente... se descubrirem algo de anormal com esta foto digam-me, eu não descubro. Assim à primeira vista... nao, nao tou a ver...

16 Julho, 2009

LOADING THE FREE FALLING... getting INSANE. Start

Boas meus caros,

antes de mais, quem souber ler inglês que, já agora, dúvido que aqueles que lêem este blog o façam... ( =D ) , vai perceber que o título é... EXCEPCIONALMENTE....idiota.

Bem, escrevo aqui porque? muitos de voces ja se questionaram: "epah mas estes gajos que escrevem aqui, como serão as conversas deles?"

Heis a resposta a vossa pergunta, sem medos, nem timidismos, literalmente postada:

gonçalo diz:
*então estás*surpreendido

*+.:: Luߧ Miguel diz:
*nao me surpreende*
ja me palpitava q ia acontecer*
estou contente*=D

gonçalo diz:*
então surpreendeu-te mas não por completo

*+.:: Luߧ Miguel diz:*surpreendeu me parcialmente

gonçalo diz:*parcialmente ou um pouco?

*+.:: Luߧ Miguel diz:*um pouco parcialmente...vendo bem nao surpeendeu quase nada

gonçalo diz:*então estavas à espera de não ser surpreendido*e ficaste surpreendido por teres razão?

*+.:: Luί§ Miguel diz:*tens noçao*que isso nao faz sentido nenhum?*

gonçalo diz:*e surpreendeu-te o facto de a minha questão ser desprovida de sentido?

*+.:: Luί§ Miguel diz:*nao,já é habitual nao fazeres qlq sentido.A minha resposta surpreendeu te?

gonçalo diz:*realmente tu ontem*fazias imenso sentido*sim*estou surpreendido*estás surpreendido por eu estar surpreendido?

*+.:: Luߧ Miguel diz:
*sim*:D*eu ontem estava todo pifado, peço perdao

gonçalo diz:*não sei como lidar com a tua surpresa...

*+.:: Luߧ Miguel diz:*
escreve um texto no GPO*GP

gonçalo diz:*podiamos é postar esta conversa lá*LOOL

*+.:: Luߧ Miguel diz:*boa ideia*vou postar

15 Julho, 2009

Uma nota romântica....

Bom dia meus caros (normalmente escrevo sempre boa noite, já se adivinha que este texto será diferente)



Hoje acordei nostalgicamente romântico. Ia escrever umas rimas eroditas, lúdicas, ricas em adjectivos místicos e lúdicos (ia escrever enriquecedores mas vendo bem não servem mesmo para nada). Mas depois mudei de ideias e fui antes beber um suminho de laranja.



Entretanto, pensando mais friamente, talvez pelo gelo presente no sumo, peguei num papel e numa caneta, calculei a raiz quadrada da parte imaginária de um complexo, utilizando a fórmula de Moivre, e cheguei a conclusão que as notas românticas não fazem sentido nenhum.



Por isso dediquei-me antes a pensar porque razão as escrevem idioticamente, já que não fazem sentido. Para isso, pus mãos a obra e imergi numa pesquisa extremamente complexa. De entre vários textos, encontrei alguns versos com destaque para a pesquisa:



[pesquisa no Google por "versos românticos". 315 000 resultados saltaram à vista. 315 000 idiotices atrofiantes, pensei eu.]



1-Gostei muito deste:



"Queria ser uma lágrima
para em teus olhos nascer
na sua face correr
e nos seus lábios, morrer"



Conheço algumas bactérias que fazem esse trabalho!



2- "Se amar fosse pecado
o céu estaria vazio e o inferno lotado!"



Como te odeio tanto por escreveres essa frase tão estúpida... acho que já tenho lugar garantido no céu.



3- "Amar é...
... ter mar e querer apenas uma gota
... ter o céu e querer apenas uma estrela
... ter o mundo e querer apenas você!!"



Mal este senhor/senhora sabe que amar é uma combinação harmoniosa de hormonas que o nosso corpo produz. A oxitocina então é a verdadeira chama do amor. =D



4- "Alegria é olhar pro teu sorriso"



Tipo este?

















A mim também me dá vontade de rir, mas não me fez apaixonar... continuo com repúgnia, mas sim, aceito a tua versão das coisas...

5- Prémio numero 1!

"Se algum dia, alguém disser que você nunca fez nada
Não ligue, pois o mais importante já foi feito, que é você."

É por causa de tretas como essas que ninguém se digna a fazer nada neste país. Queixem-se que o vosso presidente da junta não faz nada, ele responde-vos que o mais importante já está feito, que é ele.

-.-"

Tudo ciente da idiotice que toca a todos? =)